Visitantes

18 de fevereiro de 2011

O Carocho-Pirilampo que tinha medo de voar

Ontem, estivemos a ler um livro de Mafalda Veiga, «O Carocho-Pirilampo que tinha medo de voar»
Na aula fizemos o reconto da história em poesia:


Um menino pequenino
No sonho de João apareceu
Não sabia o caminho
Na noite que escureceu.

Um Carocho-Pirilampo
Na aba do seu chapéu estava
Com todo o seu encanto
Que João admirava!

Tinha medo de voar
E o João pensava...
Como o ajudar,
Se ele não arriscava?

O problema resolver
Era o que tinha de ser
Os pozinhos da Sininho meter
Mas podia chover...

O João pensativo
Os braços cruzou
Com o seu amigo imaginário
O Pririlampo ajudou.

O Pirilampo medroso desapareceu
O nervosismo começou
Não sabiam onde se meteu
Nem onde ele parou...

O menino deste sonho
Ao João explicou
Como os monstros afastar
Para nunca mais se assustar!...

O João imaginou
Os monstros a disparatar
Desatou logo a rir
Para não mais chorar.

Viu monstros a bailar
Que imagens tão loucas!
Começou a sorrir
Com umas gargalhadas soltas!

O Piriliampo se encontrou
Atrás das estrelas a piscar
E de repente começou
No céu azul, a voar!

O medo se afastou
Do João a correr
O sonho dele iluminou
Para não mais escurecer.

Feliz acordou
À mãe foi logo dizer
O medo do escuro terminou
E nunca mais voltou!!



Ana Rita e Inês, 4.º F
Também fizemos o resumo em prosa:
Esta história fala de um menino chamado João que tinha muito medo do escuro. Sempre que ia dormir, alguém tinha que lhe contar uma história para ele conseguir adormecer...
Todas as noites, aparecia-lhe nos seus sonhos um menino pequenino com um Carocho-Pirilampo, empoleirado na aba desfiada de um chapéu velho que ele usava. Como o Carocho-Pirilampo tinha medo de voar, experimentaram várias alternativas para ver se o animalzito voava, mas não conseguiram! Então o menino do sonho do João, explicou-lhe que se quisermos muito uma coisa ela acontece...
E foi assim....Um dia o Pirilampo resolveu aproveitar um bocadinho do céu azul, e começou a voar alegremente!
Imediatamente, espalharam-se mil pequenos Pirilampos que iluminaram o sonho inteiro do João, e assim, também ele conseguiu vencer o medo do escuro!
O João acordou muito feliz e com a sensação de que tudo aquilo foi realidade.
Foi a correr ao encontro da mãe para lhe contar o seu sonho...


Finalmente ilustramos a história ao nosso gosto...


Enviar um comentário